Rio Tejo
Rio Ardila

Douro Internacional
Douro Vinhateiro
Badajoz - Jerumenha
Rio Zêzere
Ribeira de Raia
Lisboa - Alhandra
Seixal
Barreiro
Gaio Rosário/Sarilhos
Ilha do Rato
Ilhas Berlengas
Sapal de Coina
Tróia
Sado Challenge
Sesimbra
Portinho da Arrábida
Cascais
Costa Vicentina
ALQUEVA
 - Granja - Estrela
 - Rio Alcarrache
 - Rio Dejebe
 - Estrela - Mourão
 - Jerumenha/Monsaraz
CANOAGEM / BTT
- A Rota das Minas
RAFTING
- Rio Paiva
BARCOS DRAGÃO
- Regatas / Taça Portugal
FORMAÇÃO
- Técnicas


2018 -COPYRIGTH BY KCT-KAYAK CLUBE DO TEJO NOTÍCIAS I LINKS I LOJA
CONTACTO I HOME I

CASCAIS - Encontra-se a 15m de altitude na margem direita  na margem direita do estuário do Tejo, já muito para além da sua foz, na desembocadura da ribeira homónima, voltada a sul numa pronunciada baía. Em Cascais podemos encontrar três faróis: o do Forte de Stª Marta, o da Guia e o do Cabo Raso, instalado no Forte de S. Brás. Na entrada da vila, num afloramento cálcario, existem as Grutas do Poço Novo que serviram de necrópole a populações neolíticas pelo ano de 2500 a.c.. Como locais a visitar aconselhamos:  Igreja de Nª Srª da Assunção (sec XVII) de uma só nave com as paredes revestidas de azulejos azuis e brancos datados de 1745, possui um tecto moderno pintado por José Malhoa, um retábulo com a Ceia do Senhor da autoria de Pedro Alexandrino, quadros pintados por Josefa de Óbidos e, principalmente, as quatro tábuas da Vida de Nª Srª, quinhentistas, da autoria de Gregório Lopes; Igreja de Nª Srª dos Navegantes (séc XVII); a Cidadela (séc XVII); Capela de S. Sebastião e Capela de  Nª Srª da Guia (ambas do sév XVI); Forte de S. Jacinto (séc XVIII); Forte de S. Jorge; Forte do Guincho; Forte do Abano; Paços do Concelho (séc XVIII); Casa Stª Maria (autoris de Raul Lino); Palácio dos Condes de Castro Guimarães; Museu do Mar; Casa da Música Verdades de Faria; Casa Paula Rego. Natural de Cascais era Afonso Sanches (séc XV), piloto que uma tempestade terá arrastado até às Caraibas e de cujas informações se terá aproveitado Cristóvão Colombo para chegar à América. Toda a área de Cascais, é de extrema riqueza paisagistica, muito em particular a da beira mar, enquanto a costa meridional é toda arenosa, a costa ocidental apresenta-se rochosa, com um tipo de erosão denominado “Lapiás”, até ao extenso areal da Praia do Guincho.
CANOAGEM - A partida costuma ser da Praia dos Pescadores ou Baía de Cascais com regresso ao mesmo local: Ao longo do passeio até ao Cabo Raso, o vento predominante N permite navegar sem sobressaltos mas perto do Cabo Raso a geografia dos fundos e a mudançaa de rota levam a que se deva ter muita atenção uma vez que a ondulação a partir deste local em direcção ao Cabo da Roca se faz sentir com muita (mesmo muita) intensidade; após a saída a estibordo passamos pelo Clube Naval de Cascais, Marégrafo e Marina; entramos agora em águas abertas e sujeitas a ondulação forte com rebentação quando há vento de SO; logo após o molhe da Marina está a praia de Stª Marta com o seu farol, Casa de Stª Maria e Palácio dos Condes de Castro Guimarães; navegamos com vaga de bombordo com alguma altura frente à antiga casa do Rei de Itália e perto de uma ponta existe um afloramento rochoso que provoca alguma agitação; passada esta ponta entramos em águas fundas e por estibordo encontramos a “Bosa do Inferno”, grande cova aberta na rocha com escarpas de 20m de altura, onde na preia-mar  sobretudo com ventos de SO, as vagas lhe conferem esse nome; mais à frente e bem no alto de uma escarpa encontramos o Farol da Guia e a geografia dos fundos e costa muda para cotas mais baixas; contemplando os Fortes que protegiam a costa e a limpidez da água estamos a chegar ao Cabo Raso e temos agora ventos de frente com ondulação bastante forte e alta, caso as condições estejam adversas a cambagem deve ser feita antes da zona de ondas altas, a margem é de muito difícil acesso e qualquer tentativa de saída pela costa pode resultar mal…; se as condições forem favoráveis estamos agora frente à magnífica praia do Guincho com a Serra de Sintra e o Cabo da Roca como pano de fundo.
No regresso façam uma paragem na praia de Stª Marta e vão beber uma “bejeca” na espectacular esplanada.

CONHEÇA - CASCAIS - MUSEU DO MAR - FAROL MUSEU    STª MARTA - PALÁCIO CONDES   CASTRO GUIMARÃES - VENTOS