CANOAGEM
Alqueva (Rio Djebe)
Alqueva
(Rio Alcarrache)
Alqueva
(Estrela / Mourão)
Rio Ardila
-  Rio Douro
(Internacional)
-  Rio Douro
-  Rio Tejo
-  Rio Tejo
(Internacional)
Costa de Cascais
-  Cascais / Lisboa
Sapal das Hortas
Sado Challenge
Rio Raia
Sesimbra / Portinho Arráb.
-  Guadiana
(Badajoz/Jerumenha)
-  Guadiana
(Alqueva/Pedrógão)
-  Guadiana (Pedróg/PulodoLobo)
-  Guadiana
(Mértola/Vila RStºAnt)
-  Algarve (Ria Formosa)
-  Algarve
(Ponta da Piedade)
-  Volta à Costa Portuguesa
-  Volta à Madeira
Rio Zêzere
Berlengas

BTT
-  Serra da Arrábida

CANOAGEM E BTT
-  Serra da Arrábida
Rota do Minério

RAFTING
Rio Paiva

ACTIVIDADES / AGENDA

A secura, acentuada pela ausência de cursos de água superficiais, marca uma paisagem a que falhas, escarpas e afloramentos rochosos conferem um traço vigoroso.
A rocha é um elemento sempre presente na paisagem do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros que ocupa mais de dois terços do Maciço Calcário Estremenho (no Maciço Calcário Mesozóico) que é a mais importante zona calcária de Portugal. Ao longo do tempo, através de processos geomorfológicos, os elementos naturais foram modelando a rocha, sobretudo de origem calcária, dando origem a mais de mil e quinhentas grutas. À superfície, outros elementos geológicos de relevo são os algares, os campos de lapiás, as dolinas, as uvalas e os poljes. O Maciço, como qualquer formação montanhosa, teve origem nos movimentos tectónicos da crusta terrestre que após milhares de anos de movimentações das placas continentais e oceânicas, emergiu da superfície.
A água corre através de uma intrincada rede subterrânea. A erosão cársica originou formações características - poldjes, campos de lapiás, lapas e algares, uvalas e dolinas numa rara profusão de formas. As cavidades são férteis em temas espeleológicos.
O coberto vegetal é marcado pela presença de pequenas manchas de carvalho cerquinho ou a azinheira. Dentre as plantas autóctones destaca-se o cortejo das plantas aromáticas, medicinais e melíferas repartidas por algumas dezenas de espécies. A oliveira, a recordar o esforço dos cistercienses, domina a vegetação não espontânea. A fauna destes calcários inclui numerosas aves, nomeadamente a Gralha-de-bico-vermelho, com hábitos de nidificação cavernícola e uma dezena de espécies de morcegos.
A presença humana é atestada desde o paleolítico. A estrada romana de Alqueidão da Serra testemunha caminhos antigos. Têxtil, curtumes, agricultura, criação intensiva de gado e indústria extractiva de pedra e argila justificam, na actualidade, a presença de numerosa população.
A jazida da Pedreira do Galinha, na vertente oriental da serra de Aire (Jurássico Médio- 175 MA) contém a mais antiga e longa (147m) pista de dinossáurio saurópode até hoje conhecida no mundo. Centenas de pegadas organizam-se em cerca de duas dezenas de pistas constituídas pelas impressões deixadas por grandes animais quadrúpedes.

É neste quadro que se desenrola o passeio que nos levará a percorrer trilhos pedregosos, subidas a planaltos e descidas a vales.
As questões de orientação devem estar sempre presentes devido à semelhança dos locais o que pode provocar confusão.
Outra questão a ter presente é o nevoeiro, o qual marca regularmente presença na serra e que por ser tão denso pode ocultar pontos de referência.
A Vila de Porto de Mós (cerca de 10km) está equipada com pensões e estabelecimentos de Turismo Rural.Em alternativa, a Batalha (cerca de 18 km) também está equipada com várias  unidades Hoteleiras.Quanto aos “Comes & Bebes”, os cafés da povoação de S.Bento ou os restaurantes em Porto de Mós.De relembrar que durante o percurso só na povoação de Covão do Sabugueiro se encontrará um café onde se poderá arranjar alguma comida, por isso, mais vale prevenir…

LINKS
- Marina Parque das Nações
- SIPRE

- Federação Port. Canoagem
- ACBTejo

FORMAÇÃO
- Work-Shop BTT (Mecân.Básica)
- Esquimotagem
- Canoagem
- Orientação

BLOGUES
- Jorge Banha
- Paulo Branco



TORNEIO NAVALISTA 2007

.

Serra de Aires

CONCENTRAÇÃO