Rio Tejo
Rio Ardila

Douro Internacional
Douro Vinhateiro
Badajoz - Jerumenha
Rio Zêzere
Ribeira de Raia
Lisboa - Alhandra
Seixal
Barreiro
Gaio Rosário/Sarilhos
Ilha do Rato
Ilhas Berlengas
Sapal de Coina
Tróia
Sado Challenge
Sesimbra
Portinho da Arrábida
Cascais
Costa Vicentina
ALQUEVA
 - Granja - Estrela
 - Rio Alcarrache
 - Rio Dejebe
 - Estrela - Mourão
 - Jerumenha/Monsaraz
CANOAGEM / BTT
- A Rota das Minas
RAFTING
- Rio Paiva
BARCOS DRAGÃO
- Regatas / Taça Portugal
FORMAÇÃO
- Técnicas


2018 -COPYRIGTH BY KCT-KAYAK CLUBE DO TEJO NOTÍCIAS I LINKS I LOJA
CONTACTO I HOME I

Este é um dos percursos obrigatórios do Grupo de Turismo Náutico. À excepção da Ponta da Piedade em Lagos, nunca navegámos em águas tão límpidas envoltas num cenário tão grandioso como o é a Serra da Arrábida.
As imponentes falésias com mais de trezentos e oitenta metros de altura dão lugar a enseadas com praias magníficas onde só os kayaks podem navegar.
Dissimuladas na paisagem natural encontramos as ruínas dos antigos arraiais de pesca e de um pequeno fortim e nas escarpas podem ser avistadas as tão famosas cabras da Arrábida para além de muitas espécies de aves.
Existem também algumas grutas que podem ser visitadas e mesmo atravessadas, contudo será necessário recorrer aos serviços de um guia afim de garantir a altura certa para efectuar este tipo de exploração minimizando os riscos. Sugerimos a consulta às condicionantes impostas pelo Parque Natural.
( VEJA MAPA )
Se puder, venha connosco fazer este percurso e verá que este local é de fazer inveja a qualquer ilha do Pacífico.


PARQUE MARINHO
O Parque Marinho Prof. Luiz Saldanha, é a área marinha do Parque Natural da Arrábida (criado em 1998 através do DR Nº 23/98 de 14 de Outubro) com cerca de 53km2 de área correspondente aos 38 km de costa rochosa entre a praia da Figueirinha, na saída do estuário do Sado e a praia da Foz a norte do Cabo Espichel.
Apresenta uma grande variedade de fundos de natureza rochosa e arenosa numa gama de profundidades até aos 100 m.
Entre zonas muito abrigadas da agitação marítima, como no caso das numerosas enseadas existentes na base das escarpas costeiras, até zonas de forte ondulação como no Espichel, este Parque está ainda incluído na lista nacional de sítios da Rede Natura 2000 - sítio Arrábida - Espichel.
É uma área com elevadíssima biodiversidade, conhecendo-se mais de 1.000 espécies da fauna e flora marinhas.
A sua riqueza não tem igual quer a nível nacional quer europeu.
Desde sempre que é conhecida por ter suportado importantes pescarias, estando ainda associada ao despertar da oceanografia biológica em Portugal nos finais do séc. XIX com os trabalhos do Rei D. Carlos e de outros naturalistas locais e das grandes universidades da altura.
Localizada na grande área metropolitana de Lisboa, esta área tem solicitações muito intensas e variadas, desde o lazer a uma série de actividades económicas de onde se destaca a pesca. Este conjunto de pressões humanas revela-se muitas vezes conflituosa com os valores naturais pelo que se tornou necessário uma protecção especial deste sector da costa através da sua inclusão no Parque Natural bem como o seu zonamento e regulamentação.