CANOAGEM
Alqueva (Rio Djebe)
Alqueva
(Rio Alcarrache)
Alqueva
(Estrela / Mourăo)
Rio Ardila
-  Rio Douro
(Internacional)
-  Rio Douro
-  Rio Tejo
-  Rio Tejo
(Internacional)
Costa de Cascais
-  Cascais / Lisboa
Sapal das Hortas
Sado Challenge
Rio Raia
Sesimbra / Portinho Arráb.
-  Guadiana
(Badajoz/Jerumenha)
-  Guadiana
(Alqueva/Pedrógăo)
-  Guadiana (Pedróg/PulodoLobo)
-  Guadiana
(Mértola/Vila RStşAnt)
-  Algarve (Ria Formosa)
-  Algarve
(Ponta da Piedade)
-  Volta ŕ Costa Portuguesa
-  Volta ŕ Madeira
Berlengas

BTT
-  Serra da Arrábida
Serra de Aires

CANOAGEM E BTT
-  Serra da Arrábida
Rota do Minério

RAFTING
Rio Paiva

ACTIVIDADES / AGENDA

O Rio Zęzere é talvez o mais visitado e conhecido dos rios Portugueses pelos canoistas.
A montante da Barragem de Castelo do Bode, os canoistas que gostam dos grandes planos de águas calmas encontram aí alguns dos locais mais bonitos para visitar.
O Lago Azul é um local espectacular que oferece muito boas condiçőes para entrada e saída de água, para além de estacionamento e serviços de restauraçăo.
Muito embora possua alguns troços de águas mais agitadas a montante, é o troço entre a Barragem de Castelo de Bode e a Vila de Constância o mais pagaiado. A sua calmaria e as paisagens que o emolduram, fazem deste troço do rio o mais procurado por grupos de iniciados e de empresas de descidas em kayak.
Navegando ao sabor de uma corrente suave, os canoistas podem desfrutar das paisagens das margens do rio onde pomares e bosques ribeirinhos desempenham um papel fundamental para a sobrevivęncia de espécies animais e vegetais. Estes locais săo o habitat de espécies tais como a Lontra (Lutra lutra), Garça-real (Ardea cinera), Garça-branca-pequena (Egretta garzeta), e Cegonha branca (Ciconia ciconia). Destaque especial para a Boga-portuguesa (Chodrostona lusitanicum) espécie ameaçada e só existente em Portugal. Junto ŕ confluęncia do Nabăo (se houver caudal) as águas adquirem alguma velocidade produzindo nalguns locais aceleraçőes passíveis de provocar uns viranços aos menos experientes.

Município de Constância
No encontro do Zęzere com o Tejo nasceu a antiga Punhete, terra cuja História está intimamente ligada aos rios e ŕs actividades que eles proporcionavam: o transporte fluvial, a construçăo e a reparaçăo naval, a travessia e a pesca.
D. Sebastiăo elevou-a a vila e criou o Concelho, em 1571, reconhecendo o desenvolvimento que já entăo alcançara. D. Maria II, em 1836, mudou-lhe o nome para Constância, em atençăo ŕ constância que os seus habitantes demonstraram no apoio ŕ causa liberal.
Terra de seduçăo e de poesia, diz a tradiçăo que acolheu Luís de Camőes por algum tempo, e a memória do Épico faz parte da alma da vila.
Aproveite, visite Constância e năo perca por nada deste mundo os petiscos locais.
hidrográfica  uma área de 7640 km2

LINKS
- Marina Parque das Naçőes
- SIPRE

- Federaçăo Port. Canoagem
- ACBTejo

FORMAÇĂO
- Work-Shop BTT (Mecân.Básica)
- Esquimotagem
- Canoagem
- Orientaçăo

BLOGUES
- Jorge Banha
- Paulo Branco



TORNEIO NAVALISTA 2007

.

CANOAGEM NO ZĘZERE

Lago Azul - Ilha do Lombo